07 junho 2011

Dilema


Sou antipática com orgulho - só sorrio para quem provoca meu sorriso. Muito polêmica & crítica. Menina do coração mole, mulher que sempre teve os pés no chão e correu atrás do que queria. Nunca tive limites quando se tratava da minha felicidade, e assim irei continuar. Vou correr e lutar por meus sonhos mesmo que demore, mesmo que perca minhas forças.. eu usarei as forças da pessoa mais importante em minha vida, que é Deus. Sempre fiel aos meus ideais e ao meu Deus. Nunca deixei me influenciar por pessoas, decidida e consciente de que na vida a gente paga por nossas escolhas .De cabeça erguida, acordando e tentando de novo. Eu faço isso todos os dias. Não aprendi a desistir. Não aprendi a entregar os pontos. E se hoje não deu certo? Amanhã eu acordo e tento de novo. As pessoas não sabem como é para mim. Nunca souberam. Ninguém deveria julgar o que faço da minha vida. Ninguem esta no meu lugar, nem passou o que passei . As pessoas sempre apontam o dedo pra você quando na verdade são quatro dedos apontando pra elas o seus próprios erros que elas tentam esconder.

Perdi o foco, deixei de ser quem sou, fui levada pela carência e pela cabeça dos outros. Mas uma hora a ficha cai, não da pra fazer todo mundo feliz e ser infeliz. Não é egoísmo, são escolhas. Minhas escolhas, que terão consequências.. eu sei, mas que estou pronta para elas.Chegou a hora de me permitir ser feliz, dedicar ao meu futuro, e irei arriscar todas minhas fichas nesses ideais. Às vezes, você não tem escolha: Ou anda reto, ou anda pra frente. Mas na tua frente, tem um precipício. Eu não precisei me jogar do precipício. Mas precisei encarar que, quando eu virei pra trás, ninguém mais estava preocupado se eu ia cair ou não. Eu vou levando, eu estou vivendo e expulsei demonios, mudei o rumo e modifiquei o roteiro. Roteiro que eu escrevo, roteiro este que eu tenho a autonômia de reescrever quantas vezes julgar necessário. Porque da mesma forma que crio personagens, eu também destruo. Sabe se la o que me espera, estou decidida e eu realmente espero que no final eu pare e fale: “Valeu à pena chegar até aqui” se não acontecer direi ' Vamos tentar de novo"

Caroline is back! :)


por calucka,

Um comentário:

Mel Almeida disse...

Gostei! (Y)
É isso aí... Vai valer a pena e se não valer, tentar de novo!