01 setembro 2009

O jogo


A vida é uma caixinha de surpresa, não é mesmo ? quando você menos espera as coiasas acontecem e quando você ve ja é tarde de mais pra concertar os estragos das palavras ditas fora de hora. Mas, uma hora isso iria vir á tona, mas eu não esperava que fosse tão rapido e nem do modo que foi. Mas uma hora as cartas teriam que ser jogadas na mesa, por mais que eu evitei ao maximo pra que tal verdade fosse dita, saiu. e todas as cartas foram jogadas na mesa, como em todos os jogos o jagador deve olhar nos olhos de seu 'oponente' para assim perceber o modo dele jogar, mas eu não fui uma boa jogadora, não olhei em seus olhos, manti meus olhos nas cartas . talves foi onde eu me vi perdida e confusa, era dificil decifrar cada carta. mas eu sempre fui paciente e fui aos poucos entendendo cada uma delas, ou pelo menos fingindo entender pra mim mesmo. aos poucos as cartas foram sendo guardadas em seu devido lugar , e so restou algumas nas mãos dos jogadores e essa foi a hora em que ambos deviam mostrar as suas, o oponente mostrou, eu manti meus olhos fechados para não ver e antes que abrisse meus olhos e visse as cartas dele eu guardei as minhas e virei as dele para não ver, e foi nessa hora que eu abri os olhos e disse: " Jogo encerrado"

Final de jogo..
vencedor?
nenhum.

Bom, sei que devem estar pensando que fui covarde. mas, eu não me considero isso. eu fiz o melhor para os dois, porque eu me vi perdendo o jogo. e antes de ter certeza disso eu desisti e pq tb se eu ganhasse não gostaria de ver niguem perdendo. E com tudo foi um otimo jogo, as cartas foram bem entendidas, mas agora estão guardadas em algum lugar que alguem escondeu. e eu pretendo não procurar porque nunca mais quero jogar. não esse jogo! Apartir daqui eu irei inventar meu propio jogo porque assim eu terei certeza que eu irei vencer, ou pelo menos poderei escolher a pessoa certa pra ganhar.
Sei que deve esta cheio de pessoas por ai criticando as minhas atitudes, o meu modo de ser e me expressar aqui, mas quer saber? eu não to nem ai, minha vida toda estive cercada de pessoas assim, e sempre passei por cima delas não vai ser agora que não vo passar. afinal o que ja esta no chão não faz diferença ser pisado mais vezes e mesmo que não esteja no chão daqui pra frente eu irei fazer o possivel para ver vocês no chão :)

3 comentários:

Betânia Sariack disse...

Viishi.
aa minha amiga hoje ta qe ta.
Paarabens Floor.
aameei !

vá atraz de seus objetivos e seja feliz.. Nein qe você tenha qe fazer o mar levantar para conseguir ele!
KKK ;)

Beijos Linda !

Um vendedor de sonhos... disse...

Olá Sra. CArol, quanto tempo não via uma atualização sua, principalmente devido ao fato que vc não tenha publicado ela... Mas fico feliz em voltar a falar-lhe. A vida, de fato, é um jogo, recebemos nossas cartas, mas assim como no poker, é nossa opção trocá-las ou não.
Como vc deve saber, todo jogo envolve riscos, e um blefe pode ser fatal. Mas só quando vc arrisca, descobre se pode vencer ou não.
Não entendo pq tamnha revolta, mas no mundo, muitos pisaram em cima de nós, mas saiba que tem grandes amigos sempre dispostos à dar-lhe uma mão para se levantar.
Espero um próximo post, beijo. ^^

Luciano de Sálua disse...

NUnca ninguém perde, todos sempre ganhamos, e é isso que nos mata, a sorte de sempre vencer, mesmo perdendo.